quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Olá amigos Leitores!!!!!

"Travis Brown é um rapaz diferente da maioria dos jovens de sua idade. Aos 23 anos, já conheceu – e perdeu – seu grande amor, já precisou lutar pela guarda da filha na justiça e agora trabalha incansavelmente para sustentá-la. Sua rotina não é fácil, mas ele consegue levar uma vida digna.

De repente, tudo começa a dar errado: ele perde o emprego, sua casa pega fogo e sua mãe morre. Sem ter a quem recorrer, precisa ir morar com a filha em um acampamento para trailers. Lá, conhece Savannah, uma jovem linda e sexy que realmente parece querer ajudá-lo.

É ela quem lhe fala sobre a vaga em uma obra em Raleigh, uma cidade próxima. Travis não quer se mudar, mas não tem alternativa: seus últimos dólares estão acabando e ele não vê a menor perspectiva de conseguir mais dinheiro.

No entanto, ao chegar a Raleigh e conhecer Roy, seu suposto empregador, ele descobre que o trabalho na verdade é um roubo. Roy garante que será a única vez e que a quantia que Travis receberá será suficiente para tirá-lo do sufoco por um bom tempo.

Agora, de frente para a maior encruzilhada de sua vida, Travis precisa decidir que caminho seguir para continuar sendo um pai exemplar. " (Fonte: Skoob)


Minhas considerações sobre o livro:

      No inicio achei muito complicado me envolver na estória, a escritora usa os primeiros capítulos para descrever cada um dos personagens e eu ia lendo e não conseguia fazer a conexão entre as estórias deles. Resultado: quase abandono a leitura... Mas, "sou brasileira e não desisto nunca"! ahahaha 
      Na metade do livro, quando as estórias começam a se entrelaçarem, aí o livro passa a ter uma certa coerência. O que eu não gostei nesse livro: O personagem principal entrar num jogo arriscando sua vida, a da filha e a de uma "amiga" por pouquíssimo dinheiro, além do fato dele ter embarcado num negócio o qual mal sabia o que era... Na minha opinião sempre existe uma segunda opção! Ele é capaz de deixar a filha com uma estranha para participar de um assalto mas não pode deixar a menina numa creche para ir trabalha/procurar emprego? A estória central  não me "convenceu"!
    Na minha opinião, os pontos positivos: o fato do Trevis assumir e cuidar da filha sozinho quando a própria mãe a abandonou... Ele era novo, cheio de planos e poderia muito bem ter "ido cuidar da vida dele" mas ficou com a menina, abriu mão de seus sonhos e foi ser o pai e a "mãe" que a menina não teve.
     "Perdas e Danos" tem um pouco de suspense e de romance, mas o que foca a estória é o amor e "dedicação" de um pai com a filha.
     No geral eu gostei muito pouco desse livro, não indico e daria uma nota 2... rzss

#projetolivroslivro2016
Projeto #52em52 semanas
#2de52



Bjussss e até a próxima leitura!



Não Curti...



   
      

2 comentários:

  1. Se você não recomenda nem vou ler.. mas, também bem interessante o pai cuidar da filha sozinho.
    Obrigada pela resenha!
    beijokas

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir